FANDOM


Remnants

As Relíquias ou Remnant é uma raça sintética encontrada pela Iniciativa Andrômeda na galáxia de Andrômeda.

"Relíquia" é o termo usado para tecnologia, estruturas e robôs autônomos que foram avistados em todo o aglomerado de Heleus. Aparentemente abandonada por quem a criou, esta tecnologia das relíquias é extremamente avançada, mas a maior parte está em estado de "standby". No Habitat 7, Alec Ryder descobriu que a reativação dessa tecnologia requer a varredura de "glifos" - pacotes de dados escritos em idioma decodificado - e a assistência do SAM para "fazer interface" em consoles específicos.

Eles são protegidos por robôs que ainda guardam e mantêm muitas dessas instalações. Os robôs não parecem ser sencientes, mas são programados para considerar qualquer interferência em sua tecnologia como um ato hostil, e atacam decididamente.

Os Ketts têm interesse na tecnologia das relíquias e foram avistados em todo o aglomerado, tentando estudar ou controlar lugares onde ainda estão ativos. Evidências sugerem que os ketts ainda não desenvolveram um método confiável de interface.

DesignEditar

SubtiposEditar

As unidades de relíquias incluem:


HistóriaEditar

As estruturas encontradas no Habitat 7 foram datadas de 300 a 400 anos, o que significa que foram construídas durante a jornada da Iniciativa Andrômeda até o Aglomerado de Heleus. O encontro de carbono no relicário da em Eos indica que o mesmo ficou inativo por volta de um período de tempo similar.

Ao investiga-lo, o Explorador Ryder teorizou que as relíquias poderiam estar tentando fazer um terreno para o aglomerado de heleus.

É revelado que as relíquias foram criadas por uma espécie avançada, possivelmente nativa de Heleus, conhecida como Jardaan. Depois de algum tipo de conflito que desencadeou o Miasma, os Jardaan deixaram o aglomerado e não voltaram desde então.

CulturaEditar

TecnologiaEditar

De acordo com Foster Addison, a tecnologia das relíquias é na verdade menos avançada que a tecnologia Protheana descoberta em Marte. A principal diferença entre os dois é que enquanto a tecnologia Protheana age impulsivamente, a tecnologia das relíquias "pensa diferente".

As estruturas massivas das relíquias são teorizadas como mecanismos de terraformação com capacidade de efeito planetário. Como mostram os glifos decifrados em Eos, termos como "controle atmosférico" aparecem, os cientistas da Iniciativa acreditam que se funcionar como pretendido, ele pode modificar quase todos os aspectos de um planeta, tornando um mundo habitável e uma possibilidade.

LinguagemEditar

Até agora não há idioma falado encontrado nas relíquias, apenas um idioma "escrita" na forma de glifos. A coleta de glifos no campo e outros materiais de pesquisa recuperados pela equipe exploradora permitem que o SAM forneça traduções parciais quando necessário.

Recuperação de objetosEditar

Várias armaduras, itens, materiais e armas podem ser recuperados de ambos os locais e unidades caídas. Armas produzidas a partir de materiais deles tendem a ser baseadas em energia, eliminando a necessidade de munição, enquanto as armaduras baseadas oferecem muitas vantagens em batalha.

Localização das relíquiasEditar

Estruturas e ruínas são marcadas no mapa usandoMEA Remnant Ruins Map Icon. Os monólitos maiores são marcadas no mapa usando MEA Monolith Map Icon. Nota: Nem todas as estruturas e ruínas das relíquias são marcadas no mapa.

Decodificação das relíquiasEditar

A maioria da tecnologia das relíquias é inerte ou em modo de "espera", mas algumas são protegidas por uma grade de decriptografia. Desbloqueá-lo requer varredura dos glifos corretos e organizá-los em uma ordem específica. Os glifos não podem repetir em qualquer linha reta ou dentro de um bloco.

Peebee especula que isso poderia ser uma medida de segurança. Mesmo se um método fosse criado para hackear uma interface, não funcionaria com a grade de decriptografia. Dadas as consequências devastadoras quando a tecnologia é ativada indevidamente, sua análise parece sólida.

A organização dos glifos parece preencher uma senha ou uma frase de código dentro da grade como um todo. Peebee diz entender um pouco sobre o idioma das relíquias, eles parecem formar uma frase tipo "Quadrado Sator" quase palindrômica, mas o significado mais fino exigiria uma explicação detalhada do projetista.

Durante a exploração, o explorador pode encontrar Chaves de Descodificação Remotas que podem ser usadas para contornar algumas das grades.

NavegaçãoEditar